Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SOL E EU.

O sol nasceu beijando a moça,
Cheirando a rosa,
E achando pouco
Contou-me em prosa,
Em voz entoada
Quão grandiosa
Era em beleza,
Tua amada.

O sol nasceu sublime,
De um escarlate tão belo
Que me fez ciúme
De tão grandiosa cena.
E achando pouco,
Contou-me ainda,
Quão era tua amada,
Meiga e linda.

Chegou o entardecer,
O sol se foi
Despedindo-se da moça,
Da rosa,
Contando-me em prosa,
Com voz embargada
Por  que ir embora
Ao chegar tua amada.

Vendo-me beijar a moça,
Cheirar a rosa,
Lua nasceu
Ouvindo-me em prosa
Ao sol dizer adeus.

   (D `EU)

Sidnei Levy
Enviado por Sidnei Levy em 28/04/2005
Código do texto: T13600
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sidnei Levy
Campinas - São Paulo - Brasil, 71 anos
298 textos (20822 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 17:09)
Sidnei Levy