Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

╔ Hora do Adeus! (corrigido)


da minha essência do ser
pensando alguém conhecer
deixo sem perceber
para sombras perversas
portas, e janelas abertas

entre silêncios e tormentos
a alma fraca, tonta
que dela toma conta
adormecem as mãos sem conteúdos
de sentimentos ocos, vazios

os olhos se prendem a tudo
pensam ter visto tudo
sentido ou imaginado
sem ter compreendido
as cores dos males do mundo

é hora do adeus
deste mundo sem perdão
deixo aqui meu sangue
meus livros e minhas horas
quem sabe noutro planeta
consiga plantar apenas 1 girassol !

______________
10/04/06-12h
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 10/04/2006
Reeditado em 10/04/2006
Cˇdigo do texto: T136785
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3341 textos (90987 leituras)
6 e-livros (224 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 05/12/16 00:38)
Maria Thereza Neves