Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEUS - CIDADÃO DE MACEIÓ

Quando Deus criou o mundo
E resolveu descansar
Veio aqui pra Maceió
E não queria voltar

Fez daqui seu paraíso
Deu-lhe um lindo céu de anil
Transformou nossas lagoas
Nas mais lindas do Brasil

Criou nelas nove ilhas
Um viçoso manguezal
Fez praias de areias alvas
De Ipióca ao Pontal

Fez um mar esverdeado
Um luar encantador
Um coqueiral verdejante
E um povo de valor

Foi até nossos mirantes
Viu praias e coqueiral
Ficou dizendo baixinho
"Eu nunca ví coisa igual"

Ele muito se orgulhava
Das coisas boas que fez
E citava Maceió
Onde passou mais de um mês

Gostou muito de peixada
De camarão e pitú
De carangueijo e sirí
De lagosta e sururu

Tomou banho em Pajuçara
Encantou-se com a beleza
E chamava a linda praia
Pupila da natureza

Nos domingos ensolarados
Nas piscinas naturais
Deus passava o dia inteiro
E não esquece jamais

Acordava bem cedinho
Na Jatiúca ia andar
Na Manguaba e Mundaú
Ele adorava pescar

Andou de lancha e jangada
E num veloz jet-sky
E disse pra Adão e Eva
"Vou deixar vocês aqui"

Ao terminar seu descanso
E aproveitar do melhor
DEUS se auto intitulou
CIDADÃO DE MACEIÓ
José Arnaldo Lisboa Martins
Enviado por José Arnaldo Lisboa Martins em 10/04/2006
Reeditado em 02/06/2006
Código do texto: T137087
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Arnaldo Lisboa Martins
Maceió - Alagoas - Brasil
69 textos (17123 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:12)
José Arnaldo Lisboa Martins