Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ares de Abril

O ar é frio
Nesses ares de abril
Em que me sinto vazio
Como um navio
Sem tripulação.

De repente o ar esquenta
Levando a frieza
Que agora não mais me atormenta
Sinto uma leveza,
Não sinto receio
Do futuro que ainda não veio.

Esses são os ares de abril
Ora esquenta, ora esfria
Minha alma inquieta pede:
Mais atitude, mais atitude
Pois a missão ainda não está completa
Vá até onde não foi
E não pare até onde caminhou,
Pois a caminhada só está começando...

11/04/04
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 11/04/2006
Código do texto: T137397
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1434 textos (42674 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:16)
Miguel Rodrigues