Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outono

Outono...

Não acendo velas, não cortejo
O silêncio vazio das procissões,
Não peço nada ao tempo,
Incinerei algumas crenças,
Alguns rituais em meus porões.
Deixei partir algumas ilusões
Junto às folhas que celebram outono,
Desfiz-me de lágrimas antigas,
Partituras de cantigas, versos amarelados,
Que não nasceram em tantas primaveras,
Não espero nada do tempo,
Dos homens que seguem o mesmo caminho
As mesmas rotas, como se diferente fosse o chegar.
São falsos os segredos que teimam em guardar.
Pois não resistirão aos ventos do outono,
Não vencerão os sonhos, as velas frias, irão se apagar.

Tonho França
Tonho França
Enviado por Tonho França em 12/04/2006
Código do texto: T137718
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tonho França
Guaratinguetá - São Paulo - Brasil, 51 anos
82 textos (5757 leituras)
4 e-livros (356 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:54)
Tonho França