Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Punhal do Amor

O Punhal do Amor.
(Sávio Assad)
 
Meu coração esta sagrando
A loucura esta tomando conta de minha alma
Fui apunhalado por você.
 
Suas palavras cortaram meu coração
Foi uma despedida, sem volta
Num caminho distante.
 
Nesta noite preparei o jantar
Acendi as velas na penumbra do apartamento
Me perfumei e me vesti para você.
 
Ao ouvir a campainha meu coração acelerou
Você estava linda, perfumada e amada
Meu coração gelou.
 
Com um simples sorriso você falou
Estou partindo e não voltarei mais
Sinto muito, mas...é isso.
 
O punhal penetrou profundamente
A cabeça estonteou no vazio
Meus olhos lacrimejaram.
 
Você simplesmente virou e saiu
O gelo salpicou em meu rosto
 Petrificado, não tive reação.
 
Um ano já passou e você não voltou
Petrificado permaneço aqui
Nesta mesma sala, neste mesmo lugar
Onde me deixou.
 
13/09/2005
Sávio Assad
Enviado por Sávio Assad em 12/04/2006
Código do texto: T137992
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sávio Assad
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
419 textos (26694 leituras)
19 áudios (1373 audições)
4 e-livros (106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:52)
Sávio Assad