Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sei lá...... não consegui encontrar um título!

Corpo dóii...
 

Olhos moem...
Cama se torna melhor ninho
Tempo infinito é covarde
Ardendo, a pele se acanha
A voz aquecida- amargo do sal
Suor derretendo um homem febril
Mordida bandida
Te tira do chão
Te laça no beijo-te trai
Te atira no leito-tu vais
Sem sons- gemidos contidos
Nem movimentos -os teus sensuais
Te faz trapo-farrapo
Então.......
Quando teus olhos de sangue febril
Descansam perdidos...
Teu corpo cansado
Te pede socorro...
Abandonando ali-no leito vadio
O homem sozinho
Agora sadio.
SoraiaMaria
Enviado por SoraiaMaria em 30/04/2005
Código do texto: T13878
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SoraiaMaria
Governador Valadares - Minas Gerais - Brasil
81 textos (350265 leituras)
3 e-livros (488 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:26)
SoraiaMaria