Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia Do Renascer

Perdoa – Me Minha Cara Linguagem!
Devo Dizer
Envergonhado
Estivera Sumido
Estivera Ausente
As Luzes Se Apagaram
O Palco Se Retirou
Onde Ficara A Base
Por Muito Tempo Inativa
Decidiu Se Recolher

Não Que Me Fujam As Idéias
Não Que Me Fujam As Luzes
Estivera Apenas Calado
Estivera Apenas Cego
Mas Agora
É Hora De Renascer
De Volta A Roma
De Volta Aos Meus Demônios!

Agora Torno A Me Recolher Ao Vale Das Sombras
Santo Abrigo
Santa Casa
Santo Lar
Onde Se Reúnem As Deusas
E Todos Os Seres Míticos
É A Taverna Das Mais Belas Histórias
Sinfonias De Fogo E Letra
Pérolas De Imagens Às Mesas
É A Utopia Da Torre De Babel
É Olimpo
É Minha Consciência...

Meus Simplórios Anos Vividos
Hoje Choram Diante Das Minhas Obras
A Saudade Corrompeu O Ser
A Saudade Renascera O Ser
As Letras Renasceram O Ser

Ri, Ri Meu Caro Se Alado...
Ri E Convoque Todos Os Demônios
A Volta Está Por Vir!

Meus Caros Espectros...

Cantem Os Cânticos Da Ascensão! ! !
Clamem Trombetas E Metáforas!

Meus Caros Amigos
Meus Caros Ouvintes

Pela Lágrima Que Cai Perante A Estatua De Luzes
Pela Lágrima Que Afunda No Rio De Fogo E Trevas
Eu Renasci. . .
Kleiner Teufel
Enviado por Kleiner Teufel em 14/04/2006
Código do texto: T139272

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Kleiner Teufel
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 27 anos
27 textos (2194 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:56)
Kleiner Teufel