Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As noites dos poetas.

Ao cair da tarde
já se apodera o ar da noite,
alonga a natureza do poeta
pelo sabor de escrever,
na luz da lua e das estrelas.

Delegado pela poesia,
faz da mágica fantasia,
ilumina com poder
todas as letras que domina.

Fala de mares,
fala de lutas,
fala de amores,
da liberdade que tem para sonhar,
sem querer ter ou ser segredo,
afim de justificar
que tudo é possivel,
basta olhar para a vida
e pressentir o amor
que dela emana.

A voz alta no quarto
hora do sonhador
medindo a esfera
que redoma o teu furor.

A negritude da natureza
carrega o seu coração
no sol da noite,
coberto pelo manto sagrado
dizendo.

vai poesia...
achar o teu caderno.

Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 15/04/2006
Reeditado em 28/05/2006
Código do texto: T139524
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
721 textos (26287 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:59)
Condor Azul