Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Curva de rio

              Na curva,
              se curva
              o rio
              no cio da terra.
             
              Na curva
              do rio,
              sorrio,
              e contemplo
              o templo
              da natureza.
              Rara beleza,
              que estende
              os braços
              ao cansaço...
              Torpor feliz
              que me invade,
              e prediz saudade.

              Na curva
              da vida,
              a saudade
              convida
              ao caminho do rio.
              Soledade
              de curva...
              Prenuncio
              Mistério
              Devir.
              E, aí,
              è se deixar levar.
              Levar pelo rio,
              No tempo do rio.
              Navegar
              ao arrepio
              da brisa,
              bocejo de rio,
              indolente,
              descuidado
              do presente,
              do passado.
              Mas, cioso
              da inocente,
              doce margem,
              a qual,
              sem rival,
              é da aragem refém...
              assim ,como eu também.
   
Teca
Enviado por Teca em 15/04/2006
Código do texto: T139625

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1121 textos (122853 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 10:48)
Teca

Site do Escritor