Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O QUATRO PORTAS

É hora de deixar de pensar
nos tempos onde só existia solidão:
a  família, decerto, carecerá.
Não sei se será menino ou menina,
ou se, com a falência do País, seus pais
passarão a viver em nossa casa.

Uma coisa é certa:
a família, decerto, crescerá!

Na despesa, estará acrescida a gasolina,
os estacionamentos pagos,
o seguro dito obrigatório,
a cadeirinha de arruar
e muitos passeios que daremos onde o mar bate à costa.

Uma coisa é certa:
a família, decerto, crescerá!...

Eu, bem particularmente,
teria preferência por um duas portas
igualzinho àquele onde nos exaurimos em namoro,
só para lembrarmos dos tempos da nossa paixão franciscana;
enquanto você, lógica,
com a consciência acima até da paixão,
racionaliza bem mais em tudo que ficará mais prático,
com os aumentos que decerto virão,
para aproximar os contrários
das nossas opiniões.

Uma coisa é certa:
respeitamos a opinião de quem seja,
seja ela qual for,
mesmo que a família não cresça tanto assim.
E, cá entre nós, o carro de quatro portas
é bem mais bonito, acha assim?
Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 15/04/2006
Código do texto: T139734
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:49)
Djalma Filho