Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CRIAÇÃO

E eis que depois de
Bilhões e bilhões de anos
A natureza junta a água,
Com suas moléculas
De hidrogênio e oxigênio,
Com atmosfera propícia,
Cheia de gases fervilhantes,
Nitrogenada e oxigenada,
Com a luminosidade adequada
A temperatura devida
E a pressão correta;
E organismos diversos
Como fungos e bactérias
Começam a brotar,
A florescer e se multiplicar,
Em fantásticas interações,
No grande caldo da vida,
A ponto de evoluir para
Seres mais complexos,
Multicelulares.


A princípio num ambiente
Marinho, depois com a
Estabilização das condições
Climáticas do planeta, foram
Ganhando a terra e o ar,
Até culminar em sua
Mais bem acabada criação:
O Homem.


O único capaz de deixar
O próprio planeta
E buscar novos horizontes,
Novas formas de vida.



A não ser que por pura
Incompetência destrua
Sua morada antes de
Achar um novo lar,
E ponha fim a uma era
Onde nasceu a criatura
Capaz de tudo,
Mas deixou-se extinguir
Antes mesmo de alçar
O grande vôo,
Voltou a ser consumido
Pelas bactérias,
Regrediu ao nível
Molecular,
Tornou a ser apenas
Carbono,
Apenas o pó da morte...
Pois no grande cosmos
Não existem lembranças...
Não há memória de nada !

Sigmar Montemor
Enviado por Sigmar Montemor em 16/04/2006
Reeditado em 16/04/2006
Código do texto: T139921
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sigmar Montemor
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 52 anos
1762 textos (285449 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:43)
Sigmar Montemor