Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor-renúncia

Hoje está fazendo um mês
que não trocamos palavras,
que não falamos a sós
e que mudamos de rumo
pra não haver confusão
entre o meu amor e o teu

pois o meu amor e o teu
não entendem nosso amor;
será melhor pra nós dois
continuarmos assim,
tu para lá, eu pra cá,
pra que possa nosso amor
num sonho se transformar.

Quando fizermos um ano
de nossa separação,
só restará o amor
que entre nós dois existe
e nos lembraremos tristes
da renúncia deste amor.

Mas o tempo continua,
passar-se-á mais um ano
e nós, ainda distantes,
veremos que esse amor,
se já renúncia ou sonho,
deixou-nos traços marcantes.

E esses traços que ficam
com o tempo não se apagam
e o nosso amor-renúncia
ainda persistirá
com dois anos, três ou dez,
mas esse tempo talvez
nossas vidas mudará.

É um talvez pouco certo
como incerto é o talvez;
mas o sonho-amor-renúncia
que o tempo suportou
à espera de um momento
na penumbra ficará

pra poder sair ao claro
na hora e tempo devidos
e mostrar a todo mundo
que a renúncia de um amor
pode tornar-se esperança
de um amor inda maior.

20/06/1977
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 16/04/2006
Código do texto: T139945
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulo Camelo - www.camelo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 68 anos
909 textos (260149 leituras)
36 áudios (10732 audições)
6 e-livros (1672 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:40)
Paulo Camelo

Site do Escritor