Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vento Forte, Vento Norte

Hoje, vou fazer meu
rouxinol,
sem ter pásssaros;
vou fazer do bolo
um desdém,
da faina,
a augusta paz de nós dois.

Hoje vou sair de pronto,
vestido de 15 anos,
vou cobrir com
um manto encantado
a voz amarga
que soluça
no meu canto de meia-luz.

Hoje, vou caminhar sozinho,
ao lado de sombras
e desejos.

Hoje é meu dia,
só não é santo porque
há pouca sorte na minha virtude.

E, de passagem,
vou lembrar de você:
tão simples assim.

E por ser tão simples
assim, é que desmando
de amores de cotovias,
de sereno passivo,
e de uma imensa saudade
que tem seu nome:
Vento do Norte;
que sopra,
e me assoberba,
e se divide entre a dor
da vida
e a dor de não ter você !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 17/04/2006
Código do texto: T140294
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26784 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:23)
José Kappel