Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Glória

Glória.

Fui com glória tua palhaça.
Fazendo piruetas no espaço
Chorando para te fazer rir!
Fui palhoça pela troça
Fantasiada de rosa, com perfume falso de jasmim!
Roubei da prosa escancarada dos namorados,
No banco branco de jardim...
Sons de alegrias, de mentiras!
Pura fantasia de alecrim com suas pequenas flores...
Fui teu divertimento – aonde tua risada cravava a ferro
Minhas costas cansadas.
Doei a ti, este amor ridículo...
Puro prazer a mortificar-me:
Matar-me sem morrer;
Morrendo também um pouco... Matando-te em mim.

Verônica Aroucha













Verônica Aroucha
Enviado por Verônica Aroucha em 01/05/2005
Código do texto: T14044

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verônica Aroucha
Recife - Pernambuco - Brasil
122 textos (7751 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:20)
Verônica Aroucha