Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Velejando

Velejando.

Ele sabe o quanto sou abundante.
Mesmo antes de o mar recuar...
Então, sem piedade aproveita meu pranto se formar e navega nas cortinas transparentes do meu mar.
Como sabe velejar... e se deleita.
Nem respeita o quebra-mar
Nem o coração da correnteza.
Entra por inteiro, ligeiro, não impotando o que vai matar.
Zomba da lentidão das minhas ondas...
O vaivém sem ter fim.
Sabe que é mais poderoso
Tem o espírito da imensidão...
E me aniquila; me seca, quando totalmente, me toma.
Verônica Aroucha
Enviado por Verônica Aroucha em 01/05/2005
Código do texto: T14048

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verônica Aroucha
Recife - Pernambuco - Brasil
122 textos (7750 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:04)
Verônica Aroucha