Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrima

Uma lágrima caiu na minha folha de papel,
O vento bateu no meu chapéu;
Sentada na areia em frente ao mar,
Quem se importaria com o meu medíocre pensar ?
O homem fechou a janela do carro ao avistar a criança
vendendo bala no semáforo.
A mulher ao meu lado destratou o ambulante
que estava a ganhar o seu trocado.
Liguei o meu Walkman...
Ouvi dizer que sequestraram um trem.
Fui dar um mergulho no mar
para talvez me animar...
O mar estava poluído,
Tudo estava perdido.
Saí e fui sentar,
Retomei o meu pensar;
Não me contive, levantei e gritei:
O que está acontecendo ?
Ao meu lado gritaram:
Senta-te! Guarde as palavras em teu pensamento.
Em meu silêncio obrigado,
Concluí o esperado:
Estão todos com os olhos vendados
Kétilen Paes
Enviado por Kétilen Paes em 17/04/2006
Reeditado em 09/01/2010
Código do texto: T140728

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Kétilen Paes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
160 textos (4889 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:30)
Kétilen Paes