Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passaporte - Palavra


Meus versos são muito de mim,
universos criados, sonhos, delírios.
fantasias, simples dia-a-dia.

Minhas palavras escritas
traduzem as não ditas
as desditas de minha vida.

Uma palavra reproduz um sorriso.
Cada sílaba um movimento preciso,
um abraço, um carinho
ou um tapa que não dei.
Letras que dão vida
ao que não vivenciei.

Uma frase, uma fase que passei
ou estou passando.
Um verso completo conta
uma história verdadeira ou não.

Sou rei, sou bobo,
sou poeta, ladrão.
Sou bêbado, amante,
nobre, rufião.
Sou cigano, político,
patético cidadão.
Eu beijo, eu amo,
assassino a solidão.

Minha espada, a caneta,
meu escudo o papel.
Cavaleiro e asceta (poeta)
vou ao inferno
ou ao céu.

De leste a oeste
do sul ao norte
não há fronteiras
tendo a imaginação
como passaporte.

Mauro Gouvêa
2004
Mauro Gouvêa
Enviado por Mauro Gouvêa em 18/04/2006
Código do texto: T141016

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mauro Gouvêa - www.recantodasletras.uol.com.br/autores/maurogouvea). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mauro Gouvêa
Alfenas - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
432 textos (56474 leituras)
3 áudios (837 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:36)
Mauro Gouvêa