Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Decepção

Quebrando as correntes do meu desejo,
Vivendo pela esperança de uma vida feliz,
Correndo atrás de um tempo perdido,
Revivendo esse sentimento de alegria, tristeza e dor.

As noites que esperei você vir me procurar,
Você nem sempre se importou com isso,
Agora sua festa acabou,
Seu mundo desmoronou,
Sendo ligados pelo destino,
Eu finjo que nada aconteceu,
Amigos ?

Eu sou o Anjo da desordem,
Eu sou um mundo sem medo,
Eu sou a verdade na mentira,
Eu sou seu pesadelo.

Pertencendo a um lugar muito distante,
Vejo minha casa atrás do sol,
Saudade de uma felicidade que seja,
De um sorriso que mesmo falso, me fazia bem.

Talvez ainda te ame,
Não sinto meu coração bater assim por mais ninguém,
A noite do nosso fim,
Comemorando a invenção do século,
Duas pessoas que se amam ficando separados pelas diferenças,
Quer algo maior e mais idiota que isso ?

Eu sou o doença sem cura,
Eu seria a vida se fosse preciso,
Eu sou a loucura do amor,
Eu faço da saudade seu vício.

Enfim mais um dia se passando,
A chuva molha meu rosto novamente,
As lágrimas fazem minha vista cegar,
E te dizer coisas dificultes
Ou seria melhor apenas o esquecimento?!

Com tanta Cocaína em minha mente,
Fica complicado entender o estou querendo dizer,
A hora mais escura é um adeus, sem que nunca tenha se chegado aos céus.




Henrique Cobain
Enviado por Henrique Cobain em 29/01/2009
Reeditado em 04/02/2015
Código do texto: T1411144
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Henrique Cobain
Maringá - Paraná - Brasil, 26 anos
28 textos (1394 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/06/17 11:02)
Henrique Cobain