Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passáro Cativo


Cante oh! Passaro Cativo
Uma canção de pedido,
Por de trás da cela fria
Sem ter culpas, sem ter crime.

Cante oh! passaro sozinho
Distante do velho ninho
Cante mesmo que a vida
Perca prá ti o sentido.

Cante oh! passaro bendido
Das mãos malditas o castigo
Da sorte tão linda em que tinha
A sorte da vida lhe tiram.
Lúcio Barbosa
Enviado por Lúcio Barbosa em 19/04/2006
Código do texto: T141698
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lúcio Barbosa
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 51 anos
59 textos (5595 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:10)
Lúcio Barbosa