Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vigília

________________________________

Faço vigília,
Fico acordada o quanto eu puder
Já me livrei das saudades
Já me desfiz das lembranças
Mas te peço outra vez
Não invadas mais meus sonhos
Com essa contumácia.

Contei estrelas no céu
Catei-as em meus pensamentos
Cantei para a lua, inspirei-me
Senti perfumes noturnos.

Eu escrevi confissões
E me recompus do susto
Segui passos em silêncio
E tratei todas feridas
Que me doíam por dentro
Fiquei sozinha, sem voz
Sufocando meus soluços

E me voltas nestes sonhos
Coisa que nunca soubeste
Não afoguei minhas mágoas
Não tenho aqui tua mão
Mudei meu secreto rumo
Macio, atemporal ...
Não invadas mais meus sonhos
Não me venhas mais, tristeza!!
Eu já desisti de tudo
Sou feliz, sobrevivi.

Claude Bloc
Enviado por Claude Bloc em 19/04/2006
Código do texto: T141764

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claude Bloc
Fortaleza - Ceará - Brasil
199 textos (7784 leituras)
12 áudios (1127 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:16)
Claude Bloc