Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MORTE DE UM POETA

A MORTE DE UM POETA

Mário Osny Rosa

Mataram o poeta
Depois fizeram a festa.
Soltaram balão
Queimaram rojão.

Que injusta satisfação
Queimar logo um irmão.
Que na luta pela cultura
Deixando-o na loucura.

Com a morte do poeta
Morre sua imaginação.
Nada mais na vida resta
No magoado coração.

Ele parou de lutar
Quedou na sua bravura.
Sua voz se calar
Só resta sua amargura.

São José/SC, 20 de abril de 2.006.
morja@intergate.com.br
www.mario.poetasadvogados.com.br
Asor
Enviado por Asor em 20/04/2006
Código do texto: T142393
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Asor
São José - Santa Catarina - Brasil
1677 textos (36868 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:30)
Asor