Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Avulso nas Perdas

Sou o avulso
que se atreve
ao todo,
quase lúcido.

Sou perca das
horas,
estagiário do
infinito sem
bordas.

Tenho bom
comportamento,
por isso, sou
apenas grilheiro
de duas algemas,
sem fardamentos.

Se me pedem
dou eu,
se me querem
faço de mim,
se me gritam,
augusto sou:
quase o fim.

Me espere
ao chegar,
é breve:
faça de suas
mãos, meu abrigo,
e enleva
o que se perde
de mim -
são coisas simples -
donas de você,
ou talvez seja seu
beijo
esquecido,
que falta
no corpo meu,
sem prontas respostas
e parecido
com grandes
alagadiços de plenos
alegretes de vazios.
E espero,
sua alegria.

José Kappel
Enviado por José Kappel em 21/04/2006
Código do texto: T142634
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26782 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:42)
José Kappel