Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TREM



Sobe alguém
No trem...
No trem
Do vai-e-vem
Dos mudos
Dos cansados da lida
Dos de vida perdida

Sobe um rapaz
Um moço de bem
Que se entretém
Com o jornal de outrem
Um João ninguém

Sobe também
Uma moça
Parece refém
De alguém
Parece do além

Passam pelo trem
Por segundo mais de cem
Mas ninguém
Vai lembrar de ninguém
Puro desdém

O moço olha pra moça
Com desejos e juras sinceras

A moça olha pro moço
Com volúpia e outras quimeras

Na confusão da descida
Na estação da vida
Perdem-se os olhares
Coração despedaça
Amor perdido

Trilhos que tentam convergir
Mas não conseguem


Sigmar Montemor
Enviado por Sigmar Montemor em 21/04/2006
Código do texto: T142729
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sigmar Montemor
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 52 anos
1762 textos (285441 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:40)
Sigmar Montemor