Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FRAGMENTOS DE VOZ

FRAGMENTOS DE VOZ
 
 
O sol da tua presença iluminada
Não foi sempre o sol que esteve aqui
Eu rezava para que chegasse a alvorada
Rezava para que voltasse o brilho
Que a noite havia me roubado daqui
Sabia que a melancolia noturna não durava
Mas contava os minutos para o novo dia
Enquanto havia noite tudo se calava
Apenas o eco breve da alegria.
 
Mas, compreendi o sol e sua ausência noturna,
Compreendi que além das nuvens cinzentas
Além da agonia e dor de qualquer treva soturna
Ainda brilha por sobre minhas horas lentas.
 
Meus fragmentos de voz perdidos
Ecoam em busca de tua alma
E só me dizem os pensamentos contidos
Minha súplica e fragmento de calma.
 
Agora tenho gestos imprecisos e a tez pálida
Eu tenho ainda tudo que não queria ter
Mas tenho dentro de mim uma esperança cálida
Esta é que acalma a longa espera do meu ser.
 
Mas os ecos no silêncio perdido
Atravessam véus do firmamento obscuro
Minhas idéias calam e minhas preces falam
Há sempre o reflexo de quem houvera partido
Espero o brilho que meus olhos reflitam.
 
Walterbrios
19 de abril de 2006
Walter BRios
Enviado por Walter BRios em 21/04/2006
Reeditado em 22/04/2006
Código do texto: T142981
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Walter BRios
Salvador - Bahia - Brasil, 61 anos
358 textos (13845 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:08)
Walter BRios