Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EVENTOS

Fico eu
Ao lado do teu berço
A observar-te de cima,
Feito um anjo grotesco
Que não sabe se zela ou fala –
Se toca ou abençoa,
Tentando traduzir-te, pequena alma.

Quisera saber o porquê da existência:
Tu, agora sob o meu teto,
Sob o meu tato:
Abraço de pai,
Carinho de ninar,
Arremedo de cantar,
Cochicho de palavras mágicas
Que te desperta um sorriso
Ou te queda em um sono manso e profundo...

Fico eu aqui
A decifrar-te:
Parte do misterioso legado da vida.
Pequeno pássaro um dia voará,
Amamentarás teus próprios rebentos,
Inventarás tuas próprias canções
E eu terei partido,
Parido pro pó,
Tudo o que só eu vi,
Tudo o que só eu sei.
Chico Steffanello
Enviado por Chico Steffanello em 23/04/2006
Código do texto: T144208

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chico Steffanello
Sinop - Mato Grosso - Brasil, 58 anos
246 textos (31041 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:49)
Chico Steffanello