Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AUSÊNCIA CONDICIONAAL

Se eu te perder
me entregue os dedos,
os anéis, os sonhos, os medos,
tranques o cadeado das mãos
reveles todos os pesadelos
das pálpebras dementes
da cortina rasgada.
O chão,
na precocidade do lençol molhado,
saberá que no último encontro marcado
a hora do choro ficará registrada na parede
onde cucos e fantasmas, em branco e sonoros,
invadirão o quarto pela fresta da porta empenada.

Se eu te perder,
me devolva esse olhar,
essa pérola, esse imã, esse afã,
feches o cadeado das lentes
reveles a fresta escura
pela vista apagada.
Despida,
as roupas, no armário rangido,
mostram todas suas formas de frio
num pijama com furos e bocas de traça
guardado na última gaveta da primeira idade
quando os afetos lotavam carinhos e prateleiras.


E, sem mais aonde procurar,
encontrarás quieta a minha inocência
na escuridão dos meus pelos pubianos e virgens,
onde dormirás e acordarás, se tua ausência não crescer!
Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 03/05/2005
Código do texto: T14424
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19518 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:53)
Djalma Filho