Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada ficou...

Na noite calada das palavras não ditas lembro de ti
Lembro de nós do que éramos
De tudo que vivemos
Como tudo se passou
Um olhar, um instante
O amor desabrochou
Não resistimos e sem reservas nos entregamos a paixão
Noite e dias de amor
Sonhos, planos, desejos
Nossa batalha por tudo e por nós
Em um momento tudo se perdeu
Nosso mundo ruiu
Devastado ficou
Hoje não somos nem a sombra do antes fomos
Olho para teus olhos
Não te reconheço 
Nada de nós restou
Erro meu?
Erro teu?
Não sei!
O que sei é que tudo acabou
Estranhos, completamente estranhos
De tanto querer nem saudade restou
Nada ficou... 
Nada!

***

ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo o que sinto, como sinto quando sinto.
Longe, muito longe de ser uma poetisa sou apenas alguém que sente!

***

OBSERVAÇÃO >>>> QUERIDOS AMIGOS ESTOU SEM MEU PC, A PLACA MÃE DEU PROBLEMA JÁ CHAMEI O TECNICO, ESTOU POSTANDO DE UMA LAN POR ESSE MOTIVO NÃO ESTAREI VISITANDO A PAGINA DE VOCÊS POR ALGUNS DIAS, MAS ASSIM QUE TUDO ESTIVER RESOLVIDO ESTAREI E VOLTA.

Beijos
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 24/04/2006
Código do texto: T144329

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146151 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:21)
Dama De Negro