Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caminhos

Se me mostrassem o caminho
Mais certo para a felicidade,
Eu não o seguiria.

Se me dissessem: vai por ali,
Dobra a esquerda depois que caminhar dois dias.
Achará aí água limpa e sombra fresca,
Poderá descansar...
Após o córrego,
Verá duas veredas,
Siga pela da direita,
E, tão certo como dois e dois são quatro,
Encontrará o que procura.

Não quero, e até repudio,
Os caminhos certos, predeterminados.
Não abro mão da aventura,
De errar,
Da incerteza do futuro,
Da aleatoriedade dos fatos.

Não!
Por que acham que procuro a felicidade?
Sejam todos felizes!
Me conhecem a ponto de
Me desejarem a felicidade?

Por que
Haveria eu de lhes dar trela?
Por que
Não me deixam seguir sozinho,
Por quê?!
Acham que abrir um novo caminho é ser infeliz?
Tenha santa paciência!
Sebastião Alves da Silva
Enviado por Sebastião Alves da Silva em 25/04/2006
Reeditado em 25/04/2006
Código do texto: T144767
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Alves da Silva
Imperatriz - Maranhão - Brasil
687 textos (27269 leituras)
2 áudios (87 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:56)
Sebastião Alves da Silva