Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO

Não adianta vestir uma roupa de festa e,
pensar que está pronta.
Não deseje que o outro lhe veja,
se te escondes embaixo das pedras
como um caramujo.
Não penses que revolvendo a terra como
as minhocas,
descobrirá o caminho.
Cega desta forma, só conseguirá
tornar-se isca de pescadores.
Revolves tanto que crês ser uma igual.
Estás cega e assexuada.

Está sozinha,
e isso não significa não ser.
Ter de lembrar aos outros quem é,
significa atestar o oposto.

Ao fazer isto,
cavas
mais fundo teu caminho.

E, ao inverter
a direção,
És irresponsável contigo.

Cega não pode retornar à terra.

Leila Brito
Enviado por Leila Brito em 03/05/2005
Código do texto: T14537
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leila Brito
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
59 textos (5416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:39)
Leila Brito