Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR DE POETA

AMOR DE POETA

Tudo em tuas mãos fica pequeno
o sol, a lua, as nuvens, as estrelas, todo céu
todos os encantos do universo
coloca-os em um pedacinho de papel

Tudo em tuas mãos fica tão grande
uma flor, uma borboleta, um passarinho
em tudo vês a grandeza de Deus
enfeitando com beleza teu caminho

Tudo em tuas mãos tem magia
tua caneta é uma vara de condão
tua arte é fazer poesia
grande e mágico é teu coração

Tudo em tuas mãos se transforma
vês e sentes tudo, diferente dos demais
mas alguns não te compreendem
e crêem que não fazes parte dos mortais

Toma caneta e papel a mão
viaja na linha da imensidão
escreva nas estrelas sob o luar
“sou poeta, mas também humano
sempre pronto para viver e amar”

Célia Jardim
Célia Jardim
Enviado por Célia Jardim em 26/04/2006
Reeditado em 18/12/2007
Código do texto: T145603

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Célia Jardim
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (43799 leituras)
19 áudios (1387 audições)
9 e-livros (765 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:13)
Célia Jardim