Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Distante menina

Distante menina

Aquela menina..
Que de sonhos faz-se os dias,
Em tarde que doura sua pele.
De miséria e fantasia
Na rua caminha de leve
Aquela menina...
Que tem pés como os bichinhos
Deveria só nuvens caminhar.
Não o mundo que se fez seu ninho
Onde às vezes, um luar.
Aquela menina...
Sempre a vejo ,quase a toco
Tão perto e tão distante.
Talvez assim não incomodo,
Céu ou inferno ,num só instante.
Aquela menina...
Na sua tristeza , vim-me fraco.
Como pode ser assim?
Onde romper estes laços?
A nascer sorrisos sem fim.
Aquela menina...
Que um destino fica a condeno,
Sem crime em su’existência.
Um Deus , a casta ,ao relento.
O mundo sufoca a inocência.
Camper
Enviado por Camper em 26/04/2006
Reeditado em 13/05/2011
Código do texto: T145847
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Camper
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 38 anos
70 textos (1949 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:55)
Camper