Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Representar os DIPLOMATAS

Representar os Diplomatas não é só saber jogar, não é gravar vídeos e ser conhecido

É cumprimentar todo mundo e ter a grandeza de ser rico, mesmo sendo um falido

É fazer o que gosta e com amor levantar a bandeira da amizade

É não se preocupar mais com os críticos de internet quando se conhece a verdade

É não ter inveja de ver o seu irmão crescer e ver todo um talento esbanjado

É reconhecer seu valor sem omitir o elogio e ter prazer em estar ao seu lado

É respeitar com a vida cada um dos soldados que levam cravada a coroa com amor

É valorizar os que com lágrimas e sangue ao nosso lado tem derramado suor

A real é que só existe união de verdade dos parceiros que correm atrás o dia inteiro na vontade de achar o que é certo

E mesmo assim saber que quando precisar vão estar sempre por perto

É bem mais do que isso, não é compromisso é um sentimento

E tornar real o próprio sonho e viver para vê-lo virar um movimento

É contar sempre incrédulo o sucesso alcançado sem apoio nenhum

É jamais acostumar-se com o brilho nos olhos de quem te admira sem conhece-lo de lugar algum

É ter parceiros verdadeiros, os quais tem nosso valor e da rua é um dos nossos

E não ter fãs mas sim amigos e passar desapercebidos por entre os “famosos”

É poder transitar sem ter que exibir a estampa

É andar por ai como um cara comum e como qualquer um ser apampa

É rodar o mundo para honrar a palavra e representar São Paulo na cidade dos amigos que nos recebem com uma hospitalidade verdadeira

É não fazer nada visando fins lucrativos e querer mudar o mundo sabendo que não tem nada alem de água na geladeira

É não ter vergonha de não ter dinheiro mesmo, nem para a condução na locomoção da minha gente

É saber que dinheiro é o de menos pros mesmos que assim como nós só são pobres financeiramente

É independente da distância aceitar os convites com a cara e a coragem e fazer contar milagrosas na multiplicação da vaquinha

É andar quantos quilômetros forem necessários a pé sem receio algum para jamais quebrar essa linha

É andar com panos desenhados por nós mesmos e não estar nem ai para a moda

É passar por todos os continentes de cabeça erguida e sempre ser bem vindo na roda

É jamais contrariar seus pensamentos, e por nada virar as idéias do avesso

É conquistar as alturas e nunca conseguir esquecer de citar o seu berço

Não é gostar de quem se exibe com coisa cara

É ver quem se inibe por que tem vergonha na cara

É poder gritar em silêncio que o street nunca para

É não ter aprovação paterna e ainda assim meter as caras

É bater de frente com a idéia de que a quadra é lugar dos grandes e fortes de sempre

É não ter preconceito algum de cor e de crença e no combate mostrar-se a frente

É não ligar em se exibir pra mulheres e contrariar o velho estilo de bombeta e chinelo

É tirar a camisa no sol e não ter a mínima vergonha de ser magrelo

É ser feliz com o pouco que tem sabendo que não precisa provar nada a ninguém

É dizer não a propostas ricas de quem lhe faria um mero robô subordinado em troca de vinténs

É ser honrado por ter amigo como as crianças do elo da corrente

Não é agradar todo mundo é agradar só minha gente

E saber cair e com isso aprender a erguer a cabeça e ir em frente

É saber que ninguém precisa perder para ganharmos

Saber que para jogar nunca foi preciso salário

É poder sentir o peso de carregar um troféu e comemorar a vitória junto com o seu adversário

É ter parceiros humildes que mesmo que não carreguem a coroa estão sempre no apoio e para nós são os kings

É amar esses amigos que sabem dar o valor a luta mesmo não estando no ringue

É bem mais alem do que quatro linhas, é toda uma vida

É poder entrar na casa de todos e sentir-se sempre em família

É dividir colchões na hospitalidade da mãe que te recebe sempre com um sorriso

É ver que se preocupa contigo de coração como se pra ela tu fostes um filho

É durmir na van lotada na volta do evento com o corpo moído ao som dos eternos muleques falando besteira

É esquecer o cansaço e abrir um sorriso em pensar no peso da conquista de mais uma estrela

É chegar depois de quatro dias em casa e reunir os amigos para contar os anos de historias vividas em um dia com a euforia que nem se disfarça

Ver a alegria dos amigos ouvindo sobre a ultima conquista que acaba em pizza deitados na praça

É não preocupar-se com nada alem da felicidade de estar onde estamos

É poder contar com cada um dos que ajudaram caso contrario jamais estaríamos onde hoje nos encontramos

É ter a honra de derrubar lágrimas nos ombros dos seus heróis diplomáticos

É sentir o peito explodir em salvar um jogo perdido nos últimos segundos e deixar todos estáticos

É sentir o gosto do amor verdadeiro o qual nos marca sem deixar a menor sombra de dúvida

É reconhecer que é dos meus e tem meu valor os que até aqui lerem essa idéia interrupta

É após anos falando não se chegar ainda a metade do que se tem a dizer

É não ter grana ou fama mas vangloriar-se por fazer isso só por prazer

É estar no melhor lugar do mundo conquistado apenas com a amizade

É quebrar as barreiras de um país que até hoje nos olham com desigualdade

É ter orgulho de ser brasileiro e fincar a bandeira da DIP no solo onde a bola rola e alterar a historia

É viver de um esporte descriminado e nem conhecido dentro das escolas

É poder bater no peito e gritar que até aqui chegamos sem apoio de novo

É não contar com o dinheiro dos sábios e só com o incentivo dos loucos

É deixar de preocupar-se consigo mesmo e mostrar seus próprios atributos

É pensar coletivo e não sair colocando o seu nome em tudo

É ter orgulho de ver a foto que emociona e estar dentro dela

É saber que os falsos ali não mais estarão daqui a algum tempo mas os verdadeiros, pela coroa sempre zela

Por onde passamos a coroa foi gravada e por muitos será sempre lembrada

Representar a DIP é mudar a cabeça dos pais que depois de anos se sente uma família honrada

Representar a DIP é ter inspiração para cada verso que componho

Representar a DIP é a raridade de poder viver de dentro o próprio sonho

Representar a DIP é ter aberto mão tantas vezes de um futuro estável e tomar rumo na vida

Representar a DIP é saber que um dia como exemplo sua história será lida

Representar a DIP não se expressa com palavras, tão pouco conseguimos alguma coisa sem sangue e suor

REPRESENTAR OS DIPLOMATAS FEZ COM QUE ENTENDESSEMOS E SENTISEMOS NA PELE O REAL SIGNIFICADO DA PALAVRA AMOR.
rOg Oldim
Enviado por rOg Oldim em 28/04/2006
Reeditado em 26/12/2006
Código do texto: T146566
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
rOg Oldim
São Paulo - São Paulo - Brasil, 29 anos
185 textos (6584 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:29)
rOg Oldim