Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carnaval

"A tua boca que eu não conheço
é o que neste momento mais desejo.
Teus olhosme fariam o homem ideal,
que é seu.
da tua boca, dos teus olhos,
do teu gesto obsceno.

Um sorriso é o que me inunda a face
talvez sem motivo
não nos se permitiu uma história,
mas o sorriso é teu,
da tua boca, dos teus olhos,
da sua (fingida) falta de interesse.

Um corpo que deseja o teu,
tão novo,
perfeito para completar o meu,
talvez não tão bem assim, mas sou eu,
é tua boca, teus olhos,
teu sorriso, teus seios,
é tudo em você

e tudo é você!"
Diego Filipe Araujo Alcântara
Enviado por Diego Filipe Araujo Alcântara em 28/04/2006
Código do texto: T146567
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Filipe Araujo Alcântara
Camanducaia - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
152 textos (7339 leituras)
7 áudios (2204 audições)
1 e-livros (167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:23)
Diego Filipe Araujo Alcântara