Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROLA A BOLA ! ( ou a razão saiu para escanteio)


Rola a bola !
À partir deste instante
sofre o operário
se descabela o empresário
ambos passam a ser proletários.

O Juiz de Direito xinga a mãe
do juiz de futebol
 sem qualquer parcimônia.
E perde a compostura
sem a menor cerimônia.

Saem um, dois, três
- dezenas de impropérios.
Contraem-se os músculos da face
aparecem os cacoetes
em homens que já foram sérios.

O padre encerra a missa mais cedo
é suspensa a sessão de umbanda
quase todos só têm um medo
de perder o primeiro tempo.
- Diacho, e o trânsito que não anda !

No velório do melhor amigo
o choro é abreviado
para chegar cedo em casa.
- Foi morrer logo no feriado!
Isso é que é “morte súbita”

O pai, antes carinhoso e calmo
se descontrola – blasfema e grita
não enxerga nem mais um palmo
- Sai da frente Maria Rita !
assim eu não vejo o escanteio.

É mais uma final de campeonato
joga o seu time do coração.
Quem era manso, passa a ser bruto
o que era bobo, agora é astuto
Futebol – transforma tudo em paixão.

Pênalti ! não quero nem ver
- Meu Deus, quem será que vai cobrar!
Nessa hora –  ele jura por Nossa Senhora
que nem a gostosa do bar
o arranca dessa TV.

- Desgraçado !
Em cima da hora
chutou a bola prá fora.

Dionisio Teles
Enviado por Dionisio Teles em 28/04/2006
Código do texto: T146724

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dionisio Teles). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dionisio Teles
Barueri - São Paulo - Brasil, 64 anos
177 textos (43610 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:32)
Dionisio Teles