Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou sua, corpo, alma e paixão!


Só consigo pensar,

Na sensação que me domina.

Quando tua boca na minha,

Trava uma guerra de línguas.

O vencedor é sempre vencido,

E o mocinho vira bandido.

Teu cheiro impreguina minha pele,

E meu corpo tua ausência chora...

Meu sexo te implora... vêem me explora!

Me toma de forma suave,

As vezes te fazendo a vontade... me toma de forma selvagem.

Sou tua, corpo, alma, coração.

Sou feliz, quando me entrego a tua paixão.

Quando o fogo que me envade as entranhas,

Teu amor abranda... e dominada de jeito perfeito.

agarro teus francos,

Te puxo para mim,

E meu prazer é tão igual ao teu...

Nossos movimentos se confudem,

Quando nosso corpos se fudem...

Nessa sensação de entrega e resgate,

De todas as nossas vontades,

E eu te quero como, você me quer...

E nosso prazer é tamanho!

Meu vício querido é você.

Vêem, me faz sonhar,

Me pega e me possui inteira.

Me ama de qualquer maneira.

Na cama, na grama... Onde o desejo for,

Me leva que eu vou.

Faz de meu corpo tua morada,

Serei sempre tua amante enamorada,

Te doou a tela da minha vida,

Para que tua língua pinte o desejo no branco do meu corpo.

Teu pincel de mágico seduz.

E teu corpo mem conduz,

A uma viagem ao mundo do prazer,

Vêem ser meu bem querer.

Meu homem, companheiro.

Dono da minha vontade...

Conhecedor de minhas moradas.

Sou sua dona e escrava,

Sua mulher,

Eternamente apaixonada!

 


Observadora
Enviado por Observadora em 28/04/2006
Reeditado em 29/04/2006
Código do texto: T146957
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Observadora
Salvador - Bahia - Brasil, 50 anos
487 textos (27393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:14)
Observadora