Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma virgem

A beleza dos céus poucos percebem,
A imensidão dos mares também não concebem.
A grandeza da alma,
A silêncio que acalma,
Nem todos compreendem,
Apenas pensam-se sabedores da chama que entendem.

Apenas a virgem do coração, da bondade e da sabedoria,
A virgem que não mata nem maltrata
A virgem que estende a mão e não se matem da contramão da vida
É quem pode ver na completa escuridão
Quantas fontes tem o coração. .
selene
Enviado por selene em 28/04/2006
Código do texto: T146971
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
selene
Itapema - Santa Catarina - Brasil, 53 anos
36 textos (1983 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:38)
selene