Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ô glória

Ô gloria, ô glória
Pinta-me a boca de marrom ferrugem
Vinga-me os olhos de ciúmes
Ô gloria, ô glória
Dar-te-ei meu coração cor de limo e tufão
Escaldar-te-ei os pés dos olhos
Ô gloria, ô glória
Tuas mãos nuas em meu dorso
Faz de mim perigoso
Ô gloria, ô glória
Foste tu adereço da minha honra
Brasa viva no peito do meu batalhão
Ô gloria, ô glória
Café pequeno da tropa
Farrapos de memória
Ô gloria, ô glória
Você tinha tem
Foi e está
És e serás
Ô gloria
Luyzla Garrido
Enviado por Luyzla Garrido em 28/04/2006
Reeditado em 28/04/2006
Código do texto: T147109
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luyzla Garrido
São Luís - Maranhão - Brasil, 30 anos
25 textos (1223 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:41)
Luyzla Garrido