Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Longe de Tudo

Na distância de tudo, bem mais perto do mundo agora estou,
na area esbranquisada, perto da água gelada, pro mar eu vou.
Confuso eu grito seu nome ao vento, num momento reflito,
-quem eu sou?
Na fúria do vento, na força do pensamento, no rugir dos mares, assim estou.
Perdido, no frio, meus braços vazio, meu corpo sem amor...
Bate o desespero, depois vem o silêncio, num canto eu fico.
Sentado, calado, num canto jogado, esperando meu amor...
Onde andará, você agora, porque não vens a meu encontro?
o  frio o medo, a espera o desejo, a ângustia e o cansaso, deixa tudo pra lá venha comigo ficar, de uma vez em meus braços.






"Direitos Reservados"
NadaHaver
Enviado por NadaHaver em 29/04/2006
Código do texto: T147162

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
NadaHaver
Itapecerica da Serra - São Paulo - Brasil, 44 anos
47 textos (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:38)
NadaHaver