Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Céu de Seda

Céu de seda,
que suaviza a nódoa,
mas não roça
o corpo dela.

Céu de seda,
pingos de luz,
se começo em perca
ganho por juz.

Céu de seda,
não embarga
meu último pedido,
sem dobra;
faz dela
roda de minha ânsia
a volúpia da paz,
a canção dos poucos,
oração dos puros,
o caminho sem lanças!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 29/04/2006
Código do texto: T147196
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26782 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:56)
José Kappel