Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De Todo Vazio

Nada mais difícil do que compreender
o dono de um jardim.
Será assim?
Ele é louco por suas flores,
enquanto ela ama suas dores?

Será assim?

Ele está pendurado no tempo,
no broá rosa da saia dela,
que se sobresai ao vento,
e, só de ver, muito amor revela!

Fui eu um dia entender os amantes
que a natureza cria, todos os
dias, em todas esquinas
e, supreso fiquei, e até com ânsia.

De saber que a cada minuto nasce
um amor eterno,
de saber, que a cada segundo, morre
um amor feito prá durar igual a um
tempo de vida.

Mas isso é feitura de fadas,
compromissos de deuses
ociosos!

Um par faz um casal,
que um dia, sem freguesia,
passa mal,
e, pelo dedos de saudade
vai ele pro fundo do mar.

Te espero, Maria!
Te espero assim,
pois, agora sei:
sou todo vazio!
Sentindo igual à rala
maresia, de
um mar que nasceu do
outro lado
de nossa vida !

José Kappel
Enviado por José Kappel em 29/04/2006
Código do texto: T147206
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26783 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:43)
José Kappel