Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chão de Cair

O chão foi feito prá pisar
- diz ela enfática -
não prá cair - continua,ínfima.

Cair prá quê?
Sentir a poeira dos pisados
não é lá coisa digna!

Azáfama! Caio todo dia
e as calçadas não tem cheiro
de humanos.

São de pedra e de doer.

Mas cair porquê?
Penso eu lá nos confins
de minha vida.

Sou santo tonto,
amarrotado de saudades,
e, quando ela, diabra mais,
vou eu pros quatro dedos
de vinho rosado -bem igual
a sua face.

Hoje vou caindo toda hora.

Dizem que amor não machuca.
Dói sim!

Dói tanto que você começa
a levitar no ar, direto pro chão.

E passa lá a gurizada e, condiz,
meeiramente:

lá está o cão...
lá está o cão...

Paciência!

Na outra vida nasço mulher
prá tentar não machucar ninguém -
mas mulher é mulher:
castiga quem ama e quem desama -
José Kappel
Enviado por José Kappel em 30/04/2006
Código do texto: T147725
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26783 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:12)
José Kappel