Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DELANTE DE TU PUERTA

Entra la aurora y la rosa despierta,
Con sus pétalos temblando al viento.
Su perfume enciende la llama muerta
Del amor que fue mi tormento...

Me detengo delante de tu puerta
Y me parece una eternidad el momento.
Oigo tu voz en la mansión desierta
Como un eco en mi cerebro soñoliento...

Recuerdo que, en esta casa, he vivido,
Y en tu cama, feliz, yo he dormido.
Las huellas de mi cuerpo se han quedado
En tus sábanas como esfinge en mármol grabada...

24/04/03.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 04/05/2005
Código do texto: T14806

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343133 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:56)
Maria Hilda de Jesus Alão