Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flertando-me.

Há tempos possuo o chão
que carrega os meus passos
desde que fui ancorado
no planeta dos sonhos dourado.

Pesquei as coisas mais absurdas
nesse mar ainda não navegou o meu barco
anterior a realidade,realidade...
Era uma promessa de fantasia
criar a verdadeira impressão
calcada na respiração da vida.

Descobri o hóspede que sou
parece leito negado legado
para que um dia qualquer
longe das tentações
viesse encontrar a dor
da absoluta vivência.

Marcas do destino
que não agradeço por cumprir,
ao lado passa um caminho azul
aquele que não posso trilhar,
mas nessa poesia
fiquei entre dois mundos,
agora volto a minha incrível sensação
de que literalmente
sou herói e bandido
dessa mesma história.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 30/04/2006
Código do texto: T148085
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
721 textos (26287 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:46)
Condor Azul