Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu sei aquilo que quero...

Eu sei aquilo que quero
Talvez, ficar nu no Taiti
Você deve ficar chocada
Aquele Sol..., céus...
O mar é sempre lindo
Mesmo ficando fora da praia
Você acha que fiquei mais louco
É verdade, ando perdendo a razão
Talvez, a noção do tempo
Do tempo que tinha alguma razão
Como se houvesse espaço
Para se pensar no que fazer
Se divago, naquilo que quero
É porque quero muito mais
Mesmo me sobrando poucas migalhas
Benditas migalhas que me sobram
Sim, reclamo demais
Talvez, por querer tanto e tão bem
Olhar o infinito de uma noite
Com sua Lua exposta no travesseiro
Da noite, no infinito, Lua
Aquilo que quero, exposto
No gosto do querer bem, amor.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 05/05/2005
Código do texto: T14825
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120255 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:31)
Peixão