Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Atiço, Mais Feito de Dores

Cosmopolita de saias procuro ser:
já fui dono de quatro mulheres
todas elas acidentadas por
falta de
amor,carinho e jóias.

Dono delas,pensava eu,
mas,no derradeiro,
eram dolorosas donas de mim.

Assim, enquanto eu pensava ter
uma carroça de carinho,tinha sim,
um dobrão de dívidas bem femininas.

Sexo pago no caixa é doloroso
pois dói até aos frangosos!

E,logo,logo,transformaram minha
bem formada e querida fortuna,
num oásis perfumado de
deveduras pelo mundo afora.

Quando de todo pobre fiquei,
perdido em dunas de solidão,
pois as quatro me deixaram,
deixei de fazer sexo,
mas pensava,pensava, até
me dolorir em pecados de montão,
vestido de sozinho!

Ah! Holocaustas mulheres e suas
lantejoulas!Cruas no Inferno!
Fade-as com ferro quente,amigo
Lúcifer, dono delas e muito esperto!

Hoje esperneio num roçado de fazenda
prá ganhar a vida e o pão.
Mas cosmopolita já fui!
Dono de quatro mulheres
todas de amores rápidos!

Hoje,se fosse mais atiço
e não surdo,
elas não levavam meu dinheiro,não,
pois agarrado a meu pinheiro
punha as quatro a gritar
e ao latido de meu cão,
fazia das quatro um roçado comido !

Mas,no fundo,eivado
e sem calcetas,
quem mandou ser fominha
de mulher que toma fundo,
até pão sem manteiga,
sem nenhum respeito?
José Kappel
Enviado por José Kappel em 01/05/2006
Código do texto: T148263
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26778 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:35)
José Kappel