Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O sonho.

Acordei numa noite
a lua incidia sobre o mar
era como chuva de prata
uma aurora boreal lunar.
O mar parecia de espelho
o mar era tinta cinza acetinada
impressionante e maravilhoso,
expus o meu corpo aquela fantasia
e mergulhei na prata derretida.
Vi coisas outras nunca vistas
senti que metalizava o corpo,
voltei para a margem do meu mundo
queria desenvolver uma segurança
que essa mágica fascinava sobre mim.
Chorei de prazer num amanhecer
quando na praia,na areia da praia
mostrou-me tudo a desaparecer.
Dentro de mim tentei recobrar
para emendar e continuar,
o momento feliz daquele findar.
Porem não foi possível,
o relógio despertou as seis da manhã
e eu tinha que ir trabalhar.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 01/05/2006
Reeditado em 28/05/2006
Código do texto: T148341
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
722 textos (26307 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:52)
Condor Azul