Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Combalido

Combalido com incerteza do agora lido instigo
Grunhido que oprime deprimi deixa irritabilidade
Gemido reclama tenra idade que é verdade.

Em frases declama insatisfação conflito gratidão
Conclama reforço com grande esforço resignação
Alternância da própria intolerância prevendo aflição.

Instabilidade da realidade fadiga que um dia acharia viria
Mas tardaria e estaria sem essa melancolia na reflexão
Que não chatearia restaria à alegria magia do vivenciaria.

Acuado fico suado cinto usado desgastado não mais esguio
Rio arredio mente conturbada jamais perturbada a vacilar
Combativo com certeza da garra lido amarras no coração
Essência remanescente ausência matéria ignóbil decadência.

Em lance escaparia escadaria a sobrepujar o almejar materializar
Saúde saldar com o salvar saudar pele reta seringa fere adere refere
Que tento sarar debelar onde inóspito Saara que declara vivenciar
Recuperar vida qualidade perpetuar proliferar a paz do amar.


Julio Sergio
Recife-PE.
(30.04.06)
Julio Sergio
Enviado por Julio Sergio em 01/05/2006
Reeditado em 28/07/2009
Código do texto: T148391
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Julio Sergio: www.poesiasjuliosergio.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Sergio
Recife - Pernambuco - Brasil, 61 anos
522 textos (121083 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:10)
Julio Sergio

Site do Escritor