Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrimas de outono

Lágrimas de outono
Sandra Ravanini

 

Sabe-se lá quando naufraguei no sangue frio
de suas noites de verão, naqueles soluços
contidos, traindo a seiva dos lírios em cio,
saciando a sede nas gotas dos meus pulsos?
 

Sei das estrelas que chorei nas primaveras,
afogando em meu silêncio tais procelas,
neguei as doces chuvas de minhas quimeras,
renasci na brisa pelas frestas das cancelas.
 

No revés das estações agora hiberno,
na grinalda de flores quando me negou,
por toda vida matou-me em seu inverno,
querendo de mim a folha triste que secou.
 

Ingrato espinho desta flor que lhe chorou,
arrasta o caule, jaz: raiz em abandono!
Fogem as sementes da vasa que plantou,
secando, enfim, as lágrimas de outono.
 

22/04/2006

Sandra Ravanini
Enviado por Sandra Ravanini em 01/05/2006
Código do texto: T148476

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sandra Ravanini / www.recantodasletras.com.br/autores/sandraravanini). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Ravanini
Campinas - São Paulo - Brasil, 52 anos
161 textos (7108 leituras)
21 áudios (608 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:33)
Sandra Ravanini