Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mãe


 

Tão pouco mãe, tão pouco terra e tanto mulher,

Falo daqueles olhos maiores, que não são palavra, que são quentes,

Daquele ventre tão grande como um verbo, tão pouco serpente, tão grande

Como uma dor, aquele sentimento em corpo que faz ser mais que qualquer outra gente.

Não, não me atrevo a chamar-lhe mãe, é tão pouco todo o céu que já pude ver.



 

Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 01/05/2006
Reeditado em 19/08/2006
Código do texto: T148678
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:18)
Constantino Mendes Alves